concursos, exposições, curiosidades... sobre arte
escolhidos por MARIA PINTO
(Maria Regina Pinto Pereira)

http://maregina-arte.blogspot.com/

sábado, 5 de março de 2016

exposição come dimenticare la Sardegna - Raquel Fayad - Tatuí - SP



Come dimenticare la Sardegna?

Esta série foi realizada a partir de uma experiência vivida numa Residência Artística em San Sperate, Sardenha - Itália, em setembro de 2015.
Um pesquisa sobre cartas de amor onde todos os habitantes da pequena cidade se envolveram com o meu projeto artístico. Foi uma viagem plena de encontros para conhecer as belezas da terra, sabores, amores, amizades, artistas locais, cores, formas, cartas, histórias com diversas emoções que me trouxeram um momento especial, artístico e excepcional. As pinturas e instalações na Via Prisca em San Sperate foram abertas ao público com a participação do Grupo Antas Teatro e performances de amigos da comunidade, num evento realizado pela Associação NoARTE, que me convidou e recebeu. San Sperate é um Museu País, com mais de 500 murais à céu aberto. 
Eu recebei tantos cumprimentos, tanta troca de histórias e experiências da Comunidade e da NoArte que me senti inspirada a dar uma resposta artística, em formato de Via Crucis, onde conto com pequenos detalhes, fragmentos de fotos, cartas e esboços realizados durante a vivênvia, os 20 dias vividos em San Sperate. 
São oito quadros, 90cm x 120cm cada, Acrílico sobre tela, realizados entre outubro e dezembro de 2015:

- A Viagem – Il Viaggio
- Mãe Itália - Mamma Italia
- Território San Sperate – Territorio San Sperate
- Terra perdida, terra prometida – La terra persa, terra promessa.
- Criando Raízes – Creando radici
- Sentimentos ... Luz e Sombra – Sentimenti ... Luce e Ombra
- A Grande Noite ...Assim um homem vive! – La grande notte ...Così um uomo vive!
- Como esquecer? – Come dimenticare?

_______________________________

Currículo Artístico - Resumido
Raquel Fayad

Raquel Fayad trabalha com pintura, desenho e instalação. Formada em Artes Plásticas, pesquisa as linhas, repetições, sobreposições, acordes cromáticos e materiais diversos. O processo é sempre rápido e diversificado resultando em poucas obras de cada experimentação. Atualmente desenvolve dois projetos – Nota-Célula em Expansão e Cartas de Amor, Entre Outras. 
Nascida em 1968, Atibaia-SP, vive e trabalha em Tatuí. Suas obras participaram de exposições individuais e coletivas no MAM Rio – Novas Aquisições Gilberto Chateaubriand - RJ (2014), Galeria Marta Traba - Memorial da América Latina – SP (2014), Residência Artística no Memorial da América Latina - Projeto Ocupação Marta Traba 15/30 - Cartografia Artísticas Contemporâneas - Curadoria Ângela Barbour e Lilian Amaral - Memorial da América Latina - São Paulo Outubro de 2013, Casa do Olhar Luís Sacilotto – Santo André – SP e Museu de Almeria – Almeria – Espanha (2012).
Participou de uma residência artística em San Sperate – Sardegna – Itália no mês de Setembro de 2015, a convite da No Arte Paese Museo. Participou no mês de Abril 2015, da Residência Artística do MAC Sorocaba / Floresta Nacional de Ipanema / FFS Sorocaba - Curadoria de Paulo Klein.
Tem 13 obras no acervo MAM RIO – Coleção Gilberto Chateaubriand.
Atualmente ministra aulas no ateliê Raquel Fayad, é coordenadora do Museu Histórico Paulo Setúbal em Tatuí e Representante Regional da RA Sorocaba SISEM - SEC/SP. Faz parte do Conselho Municipal de Cultura e da Associação dos Amigos do Conservatório de Tatuí. Foi sócia fundadora da AMART e é uma das idealizadoras do I, II e III Tatuiart.  
Idiomas – Italiano. Inglês e espanhol básico.

Contato - fayadraquel@gmail.com 
(15) 99784-7146 / 3259-6072

Um comentário:

Raquel Fayad disse...

Grata querida. Amei. Bjos