concursos, exposições, curiosidades... sobre arte
escolhidos por MARIA PINTO
(Maria Regina Pinto Pereira)

http://maregina-arte.blogspot.com/

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

MOCA GA Working Artist Project winner, Katherine Mitchell, presents "Places of Memory and Dreams"



Katherine Mitchell, The Artist House.
  
ATLANTA, GA.- The Museum of Contemporary Art of Georgia announces the opening of the third installment in the 2010/2011 series of the Working Artist Project exhibitions – Katherine Mitchell: Places of Memory and Dreams. There will be an Artist Talk by Mitchell on Thursday, January 26 at 7 p.m. with a reception beforehand at 6:30 p.m. Katherine Mitchell: Places of Memory and Dreams runs Dec. 17 – March 31, 2012.

“PLACES OF MEMORY AND DREAMS” EXHIBITION
The artist, Katherine Mitchell, states, “In this exhibition I explore the way in which houses where we have lived early in our lives affect our dreams, and thus our later creativity and art.”

MOCA GA Director, Annette Cone-Skelton states, “This completes the exhibitions for the 2010/2011 Working Artist Project winners. We’ve experienced three very different Atlanta artists in this series, illustrating the impact of a grant program such as WAP on our artistic community. During their one year tenure, each artist created incredible works of art and produced exciting solo exhibitions.”

KATHERINE MITCHELL
Katherine Mitchell is an Atlanta-based artist who received a BFA from the Atlanta College of Art and a MFA from Georgia State University. Mitchell has exhibited extensively in Atlanta, nationally and internationally. She has had more than 20 solo exhibitions. In 2005, Mitchell had a major solo exhibition at the Atlanta Contemporary Art Center and in 2006 she had her first museum solo exhibition at Factory/Kunsthalle/Krems in Austria. In 2007 Atlanta City Gallery East held a retrospective exhibition that spanned 32 years of Mitchell’s career. Her work has been collected by numerous museums, including the High Museum, MOCA GA, Carlos Museum, the Speed Museum in Louisville, KY, and the Arkansas Art Center. Mitchell has exhibited widely, including the National Museum for Women in the Arts in WashingtonD.C., and the American Academy & Institute of Arts & Letters in New York. She is a retired Senior Lecturer in Drawing & Painting at Emory University, where she taught for more than 20 years. Mitchell was featured as one of twenty-seven artists in the recent Georgia Council for the Arts publication: “Georgia Masterpieces: Selected Works from Georgia Museums” and the MOCA GA exhibition it inspired, “Twenty Georgia Masters.”

vgmjh
KATHERINE MITCHELL
Places of Memory and Dreams
 
Opening Reception: Friday, December 16th, 6:30-8:30pm
Exhibition Dates: December 17, 2011 - March 31, 2012
Artist Talk: Thursday, January 26th, 6:30pm Reception, 7pm Talk
 
 
ABOUT THE ARTIST
Katherine Mitchell is an Atlanta-based artist, who received a BFA from the Atlanta College of Art and a MFA from the Georgia State University. Mitchell has extensively exhibited in Atlanta, across the United States, and abroad. She has had more than 20 solo exhibitions. In 2005, she had a major solo exhibition at the Atlanta Contemporary Art Center, and in 2006 she had her first museum solo exhibition at Factory/Kunsthalle/Krems in Austria. In 2007, Atlanta City Gallery East, held a retrospective exhibition that spanned 32 years of Mitchell’s career.  Her work has been collected by numerous museums, including the High Museum, MOCA GA, Carlos Museum, the Speed Museum in Louisville, KY, and the Arkansas Art Center. She has exhibited widely, including the National Museum for Women in the Arts in Washington, DC, and the American Academy & Institute of Arts & Letters in New York. Mitchell is retired Senior Lecturer in Drawing & Painting at Emory University, where she taught for more than 20 years. Mitchell was featured as one of twenty-seven artists in the recent Georgia Council for the Arts publication: “Georgia Masterpieces: Selected Works from Georgia Museums” and the MOCA GA exhibition it inspired, Twenty Georgia Masters.
WAP Studio Assistants: Lauren Whitton and Karen Cleveland.


Morre aos 84 anos o escultor americano John Chamberlain


John Chamberlain in his studio, 2011. Photo: Robert McKeever. Courtesy Gagosian Gallery.



John Chamberlain, Hawkfliesagain, 2010. Painted, chromium-plated, and stainless steel, 106 1/2 × 122 1/2 × 87 inches (270 × 311 × 221 cm). Private collection © 2011 John Chamberlain / Artists Rights Society (ARS), New York. Photo: Mike Bruce.


Da EFE

O artista americano John Chamberlain, famoso por suas esculturas feitas com metal retorcido, morreu em Nova York aos 84 anos, informou nesta quinta-feira (22) a galeria Gagosian.

Chamberlain, nascido em 16 de abril de 1927 em Rochester (Indiana), faleceu na quarta-feira (21) em Manhattan, indicou a mensagem publicada no site da galeria nova-iorquina, que o representava desde este ano.
Pessoas observam escultura 'Onecaratstud', do americano John Chamberlain (Foto: Leon Neal/AFP)Pessoas observam escultura 'Onecaratstud', do americano John Chamberlain (Foto: Leon Neal/AFP)
"John Chamberlain pôs sua marca indelével na história da arte no século XX. Foi uma figura espetacular que tomou para si a ferocidade da arte americana de meados do século e não teve rival em sua adaptação de materiais incríveis para suas esculturas", assegurou Larry Gagosian.
Segundo a galeria Gagosian, Chamberlain foi um personagem à altura da expressividade e do valor de sua obra, na qual experimentou constantemente novos materiais e processos ao longo de cinco décadas de carreira.
Durante esse tempo, o escultor organizou mais de 100 exposições sozinho no mundo todo, desde a primeira, no Museu Guggenheim de Nova York em 1971, até a última retrospectiva, que a mesma instituição deve inaugurar em fevereiro de 2012.
Em maio, sua escultura de metal prensado "Nutcracker" foi vendida pelo valor recorde de US$ 4,78 milhões em um leilão da casa Sotheby's em Nova York.
fontes:

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Image Transfer - multiple versions of an original design

Detail, Klara Lidén, bonbonbon, 2010
Digital print on archival rag paper, 21 x 77.5 cm
Edition of 150. © 2010 Klara Lidén

DEAN'S GALLERY

Image Transfer

SHOWING:

September 9, 2011–January 13, 2012



A number of technologies make it possible for an artist to produce multiple versions of an original design. Selected from the MIT List Visual Arts Center's Permanent and Student Loan Art Collections, works in this exhibition highlight a range of image transfer techniques and consider how an artist's choice of reproduction technology can operate in relation to the image reproduced.

Many of these works are prints, which require a surface that permits an image to be impressed on a support. Trisha Donnelly's Untitled, 2006, uses a letterpress process, or relief process in which a raised surface is covered with ink and the areas that are to remain unprinted are recessed. Letterpress was the basis for Johannes Gutenberg's development of moveable type, and Donnelly’s work points to the ambiguity of vision within this history of a reproducible and standardized language. Reversing the relief method, April Gornik’s Untitled, 1985, uses an intaglio technique. An etching plate is incised with a needle and the cut lines hold the ink that is then transferred to paper by means of pressure. Her choice of intaglio acknowledges the history of European landscape etchings after the later 16th century, when landscape was reconceived from background to primary subject.  

Roberto Matta’s L’Exiateur, 1957, combines thin black and grey lines with brightly colored stains, architectonic structures with floating forms, thereby entangling traditional art historical boundaries between abstraction and representation, linearity and painterly. The medium of lithography enters this questioning of binaries, as the work appears a spontaneous sketch although reproduced by the machine-aided process of lithography—itself a printmaking technique indebted to exploiting the chemical polarity of grease and water.  
Screenprinting is the image transfer technology used by a number of the artists in the exhibition, a process wherein a fine mesh-like screen is stretched across a frame, itself hinged to a baseboard, and a stencil is attached to the screen. A support such as paper is placed below the screen and a squeegee is used to push ink across the screen and to areas on the support not masked by the stencil. The empty intersections delineating Carmen Herrera’s works from 2009 makes plain the presence of the stencil in their construction; the prints do not represent themselves so much as establish connections with surrounding space and the process whereby they came into being. Mel Bochner’s Untitled, 1984, investigates the relationship of thinking, seeing, and drawing and how this can be held in tension with the mechanical repeatability of the screenprinting process. What appears to be erasing in the work is actually masking by the stencil, while the drips and irregularities makes evident the dimension of time—both human and technological—in the process of the work’s creation. 

Other works in the exhibition use photography or photomechanical methods to transfer images from source to reproduction. John Stezaker’s source image forUntitled, 2011, is an analogue film still, produced by the action of light on chemically prepared material, while the reproduction is a digital print, which uses an array of light sensitive sensors to capture the image then stored as a digital file. By cropping the still, Stezaker focuses pictorially at the threshold of sight and blindness and draws attention to the parameters of the photographic media based on the action of light. To create bonbonbon, 2010, Klara Lidén rode a bicycle into the River Siene in Paris with a video recorder propped on her shoulder. Somewhat evocative of George Seurat’s pointillist paintings, the resulting triptych digital print explores thresholds between subjectivity and objectivity, the unique experience of her act that generated the (intentionally degraded) images and the technological methods of its reproduction.

Other artists in the exhibition include Carol Bove, Richard Buckminster Fuller, Ryan Gander, Elizabeth Murray, Rosalind Nashashibi, and Ed Rusha.

Please note that the Dean’s Gallery has changed its location. The new location is listed below.

Location:
The Dean’s Gallery, the MIT Sloan School of Management
30 Memorial Drive, Building E60
Third Floor, Room 300
Cambridge, MA 02142

Gallery hours:
Monday–Friday 9:00am to 5:00pm; closed all holidays.

Information about the Dean’s Gallery:
617.253.7150

All exhibitions at the Dean’s Gallery are free and open to the public. Wheelchair accessible.

9º Concurso Fotográfico Cultural LEICA


Revelar talentos é um dos grande objetivos do Concurso Leica Fotografe. Ao longo dos últimos anos, grandes fotógrafos que hoje têm fotos em coleções importantes, imagens publicadas em diversos veículos de comunicação e fazem exposições no Brasil e no exterior foram revelados nesse concurso – que é o maior do Brasil em número de participantes. Esta nona edição é realizada mais uma vez por meio da parceria entre a Marinho Comércio Ltda., representante oficial da marca alemã Leica, e a revista Fotografe Melhor, a mais destacada publicação do gênero na América Latina, editada pela Editora Europa. O tema Cena Brasileira é fixo e vale para as três categorias. São válidas apenas imagens feitas em território nacional, já que a intenção é valorizar o Brasil e sua gente, as paisagens, a fauna, a flora e as manifestações folclóricas, culturais, religiosas, artísticas, sociais e esportivas.
São necessárias dez fotos para participar da Categoria Ensaio. As imagens devem “contar uma história”, documentar alguma atividade ou situação. Ou seja, as fotos devem ter relação entre si. Para as categorias Cor e P&B devem ser enviadas três fotos apenas (em cada categoria). Essas podem ser imagens pontuais sem relação entre si. O regulamento deve ser lido com muita atenção. A ficha de inscrição deve ser assinada e remetida via Correios com as fotos. Serão somente consideradas as imagens impressas em papel fotográfico, inclusive as digitais, nos tamanhos previstos. O envio pode ser feito até o dia 14 de janeiro de 2012. Não deixe de participar.
regulamento e ficha de inscrição aqui

http://leicafotografe.com/concurso-2011/sobre/
http://www.leicafotografe.com/?utm_source=Concurso+Leica+Fotografe+%3A+divulga%C3%A7%C3%A3o&utm_campaign=1288119d77-Concurso_Leica_Fotografe_12_20_2011&utm_medium=email

Avenida Paulista ganhará nova sede do Instituto Moreira Salles


Um terreno na Avenida Paulista, entre as ruas Bela Cintra e Consolação, irá abrigar a nova sede do Instituto Moreira Salles, que pretende ser um marco arquitetônico na cidade. O projeto consiste num novo edifício com três andares (1.200 metros quadrados) dedicados a exposições e um cinema/auditório, além de uma biblioteca de fotografia, salas de aula para cursos, cafeteria, loja e administração. 

O projeto vencedor foi do escritório Andrade Morettin, selecionado entre outros cinco participantes do concurso: SPBR Arquitetos, Bernardes Jacobsen Arquitetura, Una Arquitetos, Studio MK 27 e Arquitetos Associados. Compuseram o júri de seleção Pedro Moreira Salles, Karen Stein, Richard Koshalek, Jean-Louis Cohen, Ricardo Legorreta, André Corrêa do Lago, Fernando Serapião e Flávio Pinheiro. 

Construir um amplo centro cultural em São Paulo é antiga aspiração do IMS, que desde 1996 está instalado em uma galeria na rua Piauí, em Higienópolis, com espaço insuficiente para abrigar as grandes exposições de fotografia e artes plásticas que promove. Fundado em 1992 pelo embaixador e banqueiro Walther Moreira Salles (1912-2001), o Instituto Moreira Salles é uma entidade civil sem fins lucrativos que promove o desenvolvimento cultural. 

O IMS possui um rico acervo de fotografia (600 mil imagens), música (100 mil fonogramas), artes plásticas (1.200 obras de iconografia do século XIX em papel) e literatura (400 mil documentos e livros de arquivos pessoais de escritores e pensadores.

O Instituto Moreira Salles tem três centros culturais (São Paulo, Rio de Janeiro e Poços de Caldas) onde promove exposições, palestras, shows, ciclos de cinema e eventos. Mais informações: http://ims.uol.com.br/

Fonte:  Mapa Das Artes 

Programa VAI abre inscrições para 2012

Estarão abertas, no período de 02/01/2012 a 31/01/2012 (terça-feira) as inscrições para o Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais.


PROGRAMA VAI

Criado em 2003 o programa VAI -  Valorização de Iniciativas Culturais, da Secretaria Municipal de Cultura,  subsidia iniciativas culturais de jovens, principalmente aqueles de baixa renda, com idade entre 18 e 29 anos, e moradores de regiões do Município de São Paulo com deficiência de infra-estrutura e de acesso aos equipamentos culturais. Objetiva estimular a criação, o acesso, a formação e a participação dos pequenos produtores e criadores no desenvolvimento cultural da cidade, promover a inclusão cultural e estimular dinâmicas culturais locais e a criação artística em geral.

Para candidatar-se, o interessado deve enviar um projeto com a proposta de ação, especificando sua condição de pessoa física ou jurídica. Devem ser apresentadas duas vias de igual conteúdo em um envelope, contendo uma ficha síntese, dados cadastrais do proponente e do projeto. No edital publicado dia 21 de dezembro de 2010 no Diário Oficial da Cidade de São Paulo e disponível nesta página é possível verificar toda a documentação necessária e os formulários que devem ser preenchidos.

Os projetos deverão ser desenvolvidos entre maio e dezembro de 2012. Para esta edição, o investimento máximo previsto para cada proposta é de até R$ 23 mil e o total é de R$ 3,1 milhões.

As inscrições poderão ser realizadas nos locais abaixo de segunda a sexta-feira, das 14h às 18. Excepcionalmente nos dias 30 e 31 de janeiro, o horário de atendimento será estendido para das 10h às 18h.

Confira aqui o edital na íntegra.

Mais informações aqui: http://www.programavai.blogspot.com/2011/12/edital-de-chamamento-de-projetos-para-o.html
CENTRO

SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA
Av.São João, 473 – 6ºAndar
Fone 3397-0155 / 3397-0156

NORTE

CENTRO CULTURAL DA JUVENTUDE
Av. Deputado Emílio Carlos, 3641 – Vila Nova Cachoeirinha
Fone 3984-2466

LESTE

CASA DE CULTURA ITAIM PAULISTA
Rua Barão De Alagoas, 340 – Itaim Paulista
Fone 2568-3329 / 2963-2742

CEU ARICANDUVA
Rua Olga Fadel Abarca, S/Nº - Vila Aricanduva – Cidade Lider
Fone 2723-7556


SUL

CASA DE CULTURA DO M´BOI MIRIM
Rua Inácio Dias da Silva, S/N Piraporinha
5514-3408

CASA DE CULTURA PALHAÇO CAREQUINHA
Rua Professor Oscar Barreto Filho, 50 – Grajaú
Fone 5924-9135

OESTE

BIBLIOTECA MÁRIO SCHENBERG
Rua Catão, 611 – Lapa
3672-0456

CEU BUTANTÃ
Av. Engenheiro Heitor Antonio Eiras Garcia, 1700 – Butantã
Fone 3732-4551


Fontes: Centro Cultural da Juventude de Equipe de Comunicação – CCJ / Secretaria Municipal de Cultura – SMC - Prefeitura do Município de São Paulo

Museu do Diamante abre edital de seleção para exposições temporárias

Museu do Diamante/Ibram, localizado na cidade de Diamantina (MG), lançou edital público de ocupação dos espaços para Exposições Temporárias no ano de 2012.

A intenção é contribuir para a dinamização do museu, consolidando seu papel como centro de debate, formação e referência no campo das artes visuais voltados para a comunidade dimantinense e sociedade em geral.
O museu recebe propostas individuais de artistas ou grupo de artistas, de nacionalidade brasileira ou estrangeiros, no período de 2 de janeiro a 14 de março de 2012. O concurso contemplará cinco projetos de exposição de arte contemporânea ou tradicional, a serem realizados na sala de exposições temporárias do Museu do Diamante. As inscrições são gratuitas e deverão ser encaminhadas por correio ou via e-mail. Leia o edital.
Outras informações sobre o concurso podem ser solicitadas pelo endereço eletrônico md.programaexposicao@museus.gov.br
Saiba mais sobre o Museu do Diamante aqui.

       

identidade visual - MIS


IDENTIDADE VISUAL

Seleção

O Museu da Imagem e do Som abre processo para seleção de designers para a criação de uma nova identidade para seus materiais de divulgação (impressos e digitais). Se você gosta de lidar com temas Cinema, Artes Visuais, Tecnologia, Música, Fotografia e outras áreas correlatas ao perfil do MIS, envie seu portfólio - até dia 22/12 - para comunicacao@mis-sp.org.br e participe da seleção. Leia mais:  http://www.mis-sp.org.br/ »


Cursos 2012 – ProjetoCultura

Próximos Cursos 2012 – ProjetoCultura
Cursos e Viagens Culturais
20% de desconto para inscrições antecipadas

ProjetoCultura cursos e viagens culturais - Rua Portugal, 43 - Jardim Europa
(11) 2339-0767 - (11) 2338-6127 - (11) 3081-5845



Professor | Rodrigo Petronio
Duração | 05 encontros
Dias | segunda a sexta-feira das 14h00 às 17h00
Datas | 30, 31 de janeiro, 01, 02 e 03 de fevereiro
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 260,00 na inscrição + uma parcela de R$ 260,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)



Professora | Rô Gonçalves
Duração | 16 encontros
Dias | segundas-feiras das 14h30 às 16h30
Datas | 05, 12, 19, 26 de março, 02, 09, 16, 23 de abril, 07, 14, 21, 28 de maio, 04, 11, 18 e 25 de junho
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 280,00 na inscrição + três parcelas de R$ 280,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)


Professoras | Ana Teixeira e Iara Freiberg
Duração | 16 encontros
Dias | segundas-feiras das 20h00 às 22h00
Datas | 05, 12, 19, 26 de março, 02, 09, 16, 23 de abril, 07, 14, 21, 28 de maio, 04, 11, 18 e 25 de junho
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 280,00 na inscrição + três parcelas de R$ 280,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)


Professora | Flavia Galli Tatsch
Duração | 04 encontros
Dias | terças-feiras das 18h00 às 20h00
Datas | 06, 13, 20 e 27 de março
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 140,00 na inscrição + uma parcela de R$ 140,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)

Professora | Rô Gonçalves
Duração | 08 encontros
Dias | quartas-feiras das 14h30 às 16h30
Datas | 07, 14, 21, 28 de março, 04, 11, 18 e 25 de abril
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 280,00 na inscrição + uma parcela de R$ 280,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)


Professor | Rodrigo Petronio
Duração | 16 encontros
Dias | quintas-feiras, das 14h00 às 17h00
Datas | 08, 15, 22, 29 de março, 05, 12, 19, 26 de abril, 03, 10, 17, 24, 31 de maio, 14, 21 e 28 de junho
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 348,00 na inscrição + quatro parcelas de R$ 348,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)


Professor | Rodrigo Petronio
Duração | 16 encontros
Dias | quintas-feiras, das 18h00 às 20h00
Datas | 08, 15, 22, 29 de março, 05, 12, 19, 26 de abril, 03, 10, 17, 24, 31 de maio, 14, 21 e 28 de junho
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 290,00 na inscrição + três parcelas de R$ 290,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)


Professora | Flavia Galli Tatsch
Duração | 04 encontros
Dias | terças-feiras das 19h00 às 21h00
Datas | 03, 10, 17 e 24 de abril
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 140,00 na inscrição + uma parcela de R$ 140,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)


Professora | Marcia Ligia Guidin
Duração | 08 encontros
Dias | quartas-feiras das 20h00 às 22h00
Datas | 04, 11, 18, 25 de abril, 02, 09, 16 e 23 de maio
Local | Fundação Ema Klabin - Rua Portugal 43, Jardim Europa
Valor | R$ 390,00 na inscrição + uma parcela de R$ 390,00 (20% de desconto para pagamento até 15 de janeiro)

Fonte: Divulgação ProjetoCultura 

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

O artista Anselm Kiefer EM "Il Mistero delle Cattedrali"


Anselm Kiefer

Anselm Kiefer, Il Mistero delle cattedrali, 2011

A White Cube Bermondsey apresenta uma nova exposição dos trabalhos do renomeado artista internacional Anselm Kiefer. A mostra 'Il Mistero delle Cattedrali' é a maior apresentação dos trabalhos de Kiefer em Londres.

O título da exposição reflete o fascínio de longa data de Kiefer com a natureza transformadora da alquimia: “A ideologia da alquimia é a aceleração do tempo, como no ciclo de chumbo-prata-ouro, que só precisava de tempo para transformar chumbo em ouro. Como artista, eu não faço nada de maneira diferente, eu só acelero a transformação que já está presente nas coisas."

mandalas - Kaká Ferreira

Escultura de Hepworth roubada de parque na Inglaterra

Valuable Hepworth sculpture stolen from UK park


Thieves have stolen a large bronze sculpture by one of Britain's most important modern sculptors from a London park. The sculpture by Barbara Hepworth, called "Two Forms (Divided Circle)," was discovered missing Tuesday Dec. 20 2011, after it was ripped from its plinth in south London's Dulwich Park. Local government officials said they will ask police and their metal theft unit to investigate the matter immediately. The theft came after Metropolitan Police on Monday dedicated a unit to tackle those who steal cables and car metal parts for scrap metal _ a growing problem as prices for copper, lead and bronze soar. AP Photo / Southwark Council.

LONDON (AP).- Thieves have stolen a large bronze sculpture by one of Britain's most important modern sculptors from a London park.

The sculpture by Barbara Hepworth, called "Two Forms (Divided Circle)," was discovered missing Tuesday morning after it was ripped from its plinth in south London's Dulwich Park.

Local government officials said they will ask police and their metal theft unit to investigate the matter immediately.

The theft came after Metropolitan Police on Monday dedicated a unit to tackle those who steal cables and car metal parts for scrap metal — a growing problem as prices for copper, lead and bronze soar.

The sculpture had been insured for 500,000 pounds (US$783,080) and is considered one of Hepworth's most important later works.

Local officials are offering a reward of 1,000 pounds for information leading to the arrest of the thieves.


Copyright 2011 The Associated Press.

VIP Art Fair 2012



Ian Davenport, Prismatic Diptych, 2011 (detail). Colour etching diptych on Hahnemühle Bright. White 300 gsm papers. Paper 199.5 x 193.0 cm, Image 181.5 x 177.0 cm (overall). Edition of 15. Photo: Courtesy Alan Cristea Gallery, London

Announcing the VIP Art Fair 2012 with over 2,000 artists from 115 carefully selected galleries



Liz Larner, Corner Basher, 1988. Steel, stainless steel, electric motor with speed-control mechanism, 120 x 37 in (306 x 94 cm). Photo: Courtesy Galerie Michael Janssen, Berlin.

NEW YORK, N.Y.- The unique cultural destination on the web, the VIP Art Fair, provides unrivaled access to key works from leading artists to a truly global audience. From 3-8th February, work from over 2,000 artists will be on view through presentations by 115 carefully selected galleries invited to participate. VIP connects all audiences in real time to experience the art works and share what they’ve seen. Scale has no bounds in the VIP Art Fair as galleries can present intimate drawings to giant museum scale works in their booth, allowing art enthusiasts from more than 30 countries to view them in larger than life resolution.

Exhibiting galleries will present work in three carefully selected areas, alongside curated visitor tours, a Museums and Editions Hall, and artist and collector video series.

VIP’s recent appointment of e-commerce expert, Lisa Kennedy, shows their dedication to understanding and investing in our ever developing relationship with the net, and the access to the art world online. With an impeccable record of more than 15 years of leadership and innovation in Internet Commerce and Media, Kennedy was most recently Executive Vice President at Quidsi Inc, where she was responsible for growing revenues nearly tenfold from $30M, culminating in an acquisition by Amazon for $540M.

Building on last year’s platform, Social media integration with Twitter and Facebook invites visitors to share their favourite items and personalised tours with others on and beyond the site. VIP2.0 supports all web-browsers, iPad and mobile devices. The company’s new VP of Engineering, Severin Andrieu-Delille, states, "At our inaugural fair, systems struggled with high traffic volume and the site experienced technical issues. In response, we've completed major upgrades, adding substantial server and bandwidth resources. Significant load testing makes us confident we’ll meet peak demand, delivering a flawless, content-rich experience for our exhibitors and visitors.”

Increasingly, art fairs are changing the way in which art is sold. Demographics from the inaugural fair show that there is a proven platform for galleries to interact with their clients in the digital space; the week-long event drew an audience of over 40,000 visitors from 196 countries who spent more than an hour on the site viewing over 200 unique artworks. Stats at VIPArtFair.com.

As a portal to the world’s premiere contemporary art galleries, VIP Art Fair builds technology for dealers to connect with existing clients, for would-be collectors to discover the art world, and for students, educators, critics and curators to access contemporary artists.

http://www.vipartfair.com/
galeria Nara Rosier, São Paulo
Mendes Wood, São Paulo
Fortes Vilaça, São Paulo
Luisa Strina, São Paulo
Raquel Arnaud, São Paulo
Casa Triângulo, São Paulo
A Gentil Carioca, Rio de Janeiro

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Cursos de Artes na USP

Cursos de Artes na USP

O Departamento de Artes Plásticas da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP) abre inscrições para Cursos de Artes de curta duração para o primeiro semestre de 2012.

O Departamento de Artes Plásticas tem, ao longo dos anos, demonstrado uma especial atenção para com a comunidade da cidade de São Paulo ao manter regularmente cursos de curta duração. Tais cursos têm por objetivo tornar acessível ao público externo, parte do conhecimento que, em geral, é oferecido exclusivamente aos alunos de graduação. Os cursos atendem a uma demanda crescente de pessoas interessadas no aprendizado das práticas e conceitos que regem o fazer artístico, dando a possibilidade de atuar nos ateliês do Departamento. Para o primeiro semestre de 2012 serão oferecidos cinco cursos, três voltados para o público adulto, um para crianças e um para adolescentes.

O curso “Fundamentos da Cerâmica” se propõe a fornecer fundamentos da prática da Cerâmica através de procedimentos específicos de construção, modelagem, engobe e esmaltação, visando capacitar o aluno para a concretização de projetos artísticos pessoais.
- público alvo: acima de 16 anos
- de 05 de março a 25 de junho
- segundas-feiras, das 14 às 18h
- custo: R$ 250,00/mês

O curso “Gravura em Metal” irá tratar dos vários aspectos que compõem o processo de realização de uma gravura. Desde a gravação da chapa, seja com ácidos, buril ou ponta-seca, envolvendo vernizes ou breu, passando pela preparação da tinta e pela técnica do entintamento da chapa, até o trato do papel e a impressão final.
- público alvo: acima de 16 anos
- de 07 de março a 20 de junho
- quartas-feiras, das 14 às 18h
- custo: R$ 200,00/mês

O curso “Desenho de Observação” irá, a partir de exemplos da História da Arte, estimular a produção de desenhos através de diversas técnicas, possibilitando a cada aluno descobrir e desenvolver sua expressão individual. Da metade para o final do curso, os exercícios serão voltados para a observação da figura humana. As aulas contarão com modelo vivo.
- público alvo: acima de 16 anos
- de 06 de março a 26 de junho
- terças-feiras, das 14 às 18h
- custo: R$ 200,00/mês

O “Ateliê de Artes para Crianças” foi desenvolvido para receber crianças de 7 a 12 anos. São duas turmas distintas a acontecer sempre às terças-feiras, pela manhã e à tarde. As inscrições são gratuitas e os alunos deverão trazer material a ser utilizado em sala de aula.
- de 10 de abril a 03 de julho
- terças-feiras – das 9 às 10h30 e das 14 às 15h30
- gratuito

“Vivências com a arte para jovens e adolescentes” é um curso dirigido a jovens e adolescentes entre 13 e 18 anos. O curso proporcionará experiências individuais e coletivas voltadas para a produção artística e a apreciação estética, articuladas em torno de obras, linguagens e procedimentos artísticos diversos como: desenho, gravura, pintura, escultura, modelagem, fotografia, vídeo e instalação, além de propostas de caráter interdisciplinar envolvendo: artes plásticas, música, teatro, conto e linguagem corporal.
- de 13 de abril a 06 de julho
- sextas-feiras – das 14h30 às 16h30
- gratuito





Serviço:
Inscrições: de 01/02/2012 até 02/03/2012
Local: Departamento de Artes Plásticas, ECA/USP
           Av. Prof. Lúcio Martins Rodrigues, 443
           Cidade Universitária
Contato: Raul Cecilio       Telefone: 3091-4430
end. eletrônico: www.cap.eca.usp.br

The International Print Exchange





The International Print Exchange is an unjuried print exchange with no assigned theme, open to all, that celebrates fine art printmaking.

This year we received a total of 88 print editions from 10 countries. Green Door Printmaking Studio thank all of the 85 printmakers that were involved in this year's exchange!


To view the beautiful and varied selection of prints received in our IPE2011 please view our Print Gallery.

If you would like to get in touch with us about our exchange or to sign up to future IPE news, please use our Contact Form.


http://www.flickr.com//photos/greendoorprintmaking/sets/72157628165244183/show/










 Aaron S. Coleman
 Aidan Flanagan
 Alexandra Burton
 Andrew Jagniecki
 Anna Beaver
 Anna Johnson
 Annamie Pretorius
 Ayben Kaynar Tanir
 Barbara Follette Adams
 Barbara Zietchick
 Benjamin Bigelow
 Benjamin Gross
 Bob Morouney
 Cameron Kerr
 Carmel Nott
 Carolyn Dodds
 Chad Andrews
 Chana Helen Rosenberg
 Cherry Coultis
 Chrissy Stangroom
 Christopher Leete
 Christopher Neuenschwander
 Clay McGlamory
 Corey Waurechen
 Danella Sydow
 Darlene Kalynka
 Darren Thomas
 Deborah Susan Hall
 Diana Bolton
 Elizabeth Burton
 Elizabeth Louie Blades
 Eric COGu Robinson
 Esther van den Berg
 Faith Flower
 Fran van Vegchel
 Gina Louthian-Stanley
 Haig Demarjian
 Harriet Brigdale
 Heather Horsley
 Helen Del Galdo
 Henryk Krolikowski
 Ila Crawford
 Ivan Frew
 Jackie Merry
 James B Thompson
 Jana Sasaki
 Jean Namiotka
 Jennifer Hines
 Jill Sluka
 John Bergmeier
 Julianna Joos
 Julie Niven
 June Emery
 Karen Joyce
 Kay Watanabe
 Kevin A. Pickering
 Kirsten Kinnear
 Kwon, Hye-Jeong
 Lee Thompson
 Linda Jules
 Lukasz Cywicki
 Marcel Poirier
 Mariann Johansen-Ellis
 Maureen Light
 Michael Atkin
 Michael Weigman

http://www.flickr.com//photos/greendoorprintmaking/sets/72157628165244183/show/