concursos, exposições, curiosidades... sobre arte
escolhidos por MARIA PINTO
(Maria Regina Pinto Pereira)

http://maregina-arte.blogspot.com/

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

Exposição: “Insinuador”, de Alexandre Souza, Marcus Flávio e Uiliam José


Laboratório das Artes apresenta mostra coletiva Insinuador, de Alexandre Souza, Marcus Flávio e Uiliam José.

O Laboratório das Artes abre dia 6 de outubro (sábado), às 20 horas, a mostra coletiva “Insinuador” dos jovens artistas Alexandre Souza, Marcus Flávio e Uiliam José. A exposição faz parte das comemorações dos 30 anos de atividades artísticas e culturais do Lab, apresentando pinturas com técnicas variadas, instalações e mídia digital.
O Laboratório das Artes sempre se preocupou com a formação de público e dos artistas. Suas frentes de trabalho, ao longo dos anos, demonstram esta perspectiva, através da realização de oficinas e exposições que instigassem os artistas visuais a ampliarem sua visão artística, através do conhecimento de obras e técnicas as mais diferenciadas, num mundo cada vez mais dominado pelas imagens globalizadas. Ao mesmo tempo, o Lab, por suas características, busca a renovação artística na região, objetivo presente na formação do seu acervo permanente e nas mostras que abriga.
Por isso, a exposição Insinuador, que traz obras de três jovens formados em artes recentemente pela universidade local (Alexandre Souza, Marcus Flávio e Uiliam José), sinaliza esta opção de abrir espaço e visibilidade para manifestações diferenciadas, que se articulam e dialogam entre si em suportes tradicionais e também nas novas mídias digitais, permitindo a fruição sensorial das obras num outro patamar.
Suas linguagens e trajetórias de vida são diferentes, mas seus percursos profissionais se tocam no trabalho como professores de educação artística em tempos difíceis para este ofício. Em parte por conta disso, provavelmente, carregam consigo os signos da formação, da investigação e, ao mesmo tempo, da busca de novas formas expressivas, de uma linguagem própria que está em processo de construção. Talvez por isso, a experimentação esteja tão fortemente presente nos trabalhos desta mostra coletiva, instaurada sob a ótica inicial da pintura, ofício manual tradicional que lhes dá a unidade na diversidade e, por outro lado, nas experimentações cada vez mais livres permitidas pela arte contemporânea.
A exposição estará aberta para visitação até 6 de novembro, de segunda a sexta-feira, das 10 às 12 e das 14 às 17 horas.

Serviço


Exposição: “Insinuador”, de Alexandre Souza, Marcus Flávio e Uiliam José
Abertura: dia 6 de outubro, sábado às 20 horas
Visitação: 6 de outubro a 6 de novembro de 2012
Horário: segunda a sexta-feira, das 10 às 12h e das 14 às 17h
Local: Laboratório das Artes de Franca
Endereço: Rua Cuba, 1099 - Jardim Consolação, Franca, SP

Entrada Franca

Informações: (16) 3722-5004, em Franca, SP
Visitas monitoradas ou em horários especiais devem ser previamente agendadas

Fernando Koboldt - exposição virtual




Galeria

Click para assinar o livro de visitas


"Para aqueles que pensam que pintar ou desenhar a partir de fotografias é o suficiente, só tenho a dizer que, embora possa ser um substituto para qualquer hora, não deve ser para sempre". (Fernando Koboldt)
 
O Universo da Aquarela tem o prazer de apresentar o Prêmio Exposição Virtual, 2011, o artista aquarelista, Fernando Koboldt.

Fernando tem como profissão a Medicina, é Cirurgião Geral especializado em vídeo-cirurgia. Sua paixão pelo desenho e o interesse pelas ciências manifestou-se muito cedo, ainda menino. Naquela época desenhava exaustivamente, seus assuntos preferidos eram imagens referentes à medicina, figuras de anatomia e cirurgia, e também animais e paisagens, que captava em livros e revistas de ciências e aventura, encontrados na livraria do seu pai. Seu primeiro contato com materiais e técnica de artes se deu no jardim da infância da Escola de Belas Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Em 2002 por intermédio da fotografia, obteve noção de composição, luz, sombra, profundidade de campo, que ele utiliza em suas pinturas até hoje. Anos mais tarde num curso de pintura e desenho da figura humana, no Museu de Artes do RS (MARGS), um amigo lhe disse que a aquarela tinha tudo a ver com seus trabalhos. Desde então desenvolveu-se nessa técnica, tendo preferência pela pintura ao ar livre.

Segundo Fernando Koboldt: "Nunca desdenhe seus fracassos, estude-os com afinco, prenda-os na parede e por algum tempo observe o que ficou de errado. Penso que a arte, como outra qualqueratividade que se queira perfeição, demanda dedicação. É só assim que se consegue atingir níveis melhores."

Podemos ver nesta mostra que suas aquarelas tem a espontaneidade de quem muito observa e reproduz o que vê de modo eficaz e apurado. Suas paisagens são assinaturas de lugares que ele admira, capta e representa suas luzes, cores e sombras de forma admirável. O exercício continuado do desenho fez com que ele adquirisse uma segurança rara, que transmite a quem observa as suas obras, o domínio da técnica aliado ao gosto pelo ofício das cores. Um artista aplicado, fruto do muito exercitar, aperfeiçoou-se e consegue com pinceladas ágeis representar e sintetizar o que é visto e sentido nos locais, que ele escolhe para retratar.

Marilu F Queiroz Curadora
Mestre em Educação, Arte e História da Cultura
Universidade Mackenzie (UPM) 

dedicação com qualidade - Universo da Aquarela


Dedicação com qualidade
Jornada 2012
De 22/11 a 02/12 - das 9h30 às 17h(segunda a domingo)
Rua Galvão Bueno, 83 - Liberdade (metrô) 



Programação

Ficha de Inscrição

7° PREMIO ARTE LAGUNA


  
7° PREMIO ARTE LAGUNA iscrizioni in corso
7° PREMIO ARTE LAGUNA    iscrizioni in corso

Pittura | Scultura e installazioni | Arte Fotografica | Video Arte & Performance | Virtual Art

C'è tempo fino al 23 Ottobre 2012 per iscriversi alle cinque sezioni in concorso e poter partecipare anche alle selezioni per le  quattro "Residenze d'arte" che permettono agli artisti di vivere per un periodo in una nuova città e a contatto con nuove realtà culturali.
La chiusura per l'invio delle candidature è l'8 Novembre 2012 per tutti gli altri premi.

Non ci sono limiti di età e il tema è libero
Ci si può iscrivere via posta o direttamente online  (rendere cliccabile a  http://www.premioartelaguna.it/index.php/iscrizione-2012.html  )

Valore complessivo dei premi in palio: 170mila euro
Esposizione Collettiva 110 finalisti: Arsenale di Venezia a Marzo 2013
Esposizione speciale Under25: Istituto Romeno Venezia a Marzo 2013 

PREMI IN PALIO
5 premi in denaro: 7.000 € per sezione
4 Residenze d'arte: Technymon ARTresidency - Mumbai, Scuola del Vetro Abate Zanetti - Venezia, Art Stays - Slovenia, iaab - Basilea (ATTENZIONE: per questa categoria iscriversi entro il 23 Ottobre)
1 Business for Art: realizzazione d'un progetto artistico con l'artista vincitore della sezione arte virtuale in collaborazione con FOPE gioielli di Vicenza;
2 Mostre Collettive: partecipazione a OPEN di Venezia, Esposizione internazionale di sculture e installazioni; mostra selezione speciale degli artisti Under25 presso l'Istituto Rumeno di Cultura e Ricerca Umanistica di Venezia
21 Mostre personali in gallerie d'arte

Le opere verranno valutate da una GIURIA INTERNAZIONALE completamente rinnovata.
Umberto Angelini (Italia, Direttore Festival Uovo)
Gabriella Belli (Italia, Direttrice Musei Civici di Venezia)
Adam Budak (Stati Uniti, Curatore Hirshhorn Museum and Sculpture Garden di Washington)
Cecilia Freschini (Cina, Curatrice indipendente; fondatrice e direttrice di lab-Yit)
Mario Gerosa (Italia, Caporedattore di AD, curatore digital art)
Lina Lazaar (Gran Bretagna, Specialista per l'Arte Contemporanea internazionale per Sotheby's)
Kanchi Mehta (India, Fondatrice e curatrice di Chameleon Art Projects)
Sabine Schaschl (Svizzera, Direttrice e curatrice della Kunsthaus di Basel)
Felix Schöber (Germania, Curatore indipendente)
Claudia Zanfi (Italia, Storica dell'arte e cultural manager)
Presidente: Igor Zanti - Critico d'arte

Tutti i dettagli nel bando di concorso >>>

Iscriviti su premioartelaguna.it >>>

Il Premio è patrocinato tra gli altri dal Ministero per i Beni e le Attività Culturali, Ministero degli Esteri, Regione del Veneto, Istituto Europeo di Design.

--------------------------------------------------------------------------------
Premio Internazionale Arte Laguna
c/o ARTE LAGUNA - Via Roma, 29/A - 31021 Mogliano V.to (TV)
tel. 041 5937242 - fax 041 8627948

Seguici su:
Facebook
Twitter
Linkedin

quarta-feira, 26 de setembro de 2012

vanguarda e contemporaneidade


a educação pela pintura - Paulo Pasta

http://emkt.softingsystems.com.br/emkt/tracer/?1,932391,ae1a4583,605a

Ana Holck | Perimetrais


Zipper Galeria Newsletter
Ana Holck | Perimetrais, lançamento do catálogo e conversa com Ana Holck e Paulo Sergio Duarte
Neste Sábado, 29 de Setembro, às 16h
A Zipper Galeria lançará neste sábado, 29 de setembro, o catálogo da exposição Perimetrais de Ana Holck. A artista e o crítico Paulo Sergio Duarte, autor do texto da mostra, estarão presentes para uma visita guiada e conversa com o público às 16h.
A exposição conta com dez esculturas das séries Torres Armadas e Cruzamentos, além de uma série de 25 gravuras que dá título à exposição.
Paulo Sergio Duarte comenta: "a obra de Ana Holck sempre dialogou com o espaço arquitetônico e urbano. Mais que um diálogo ou uma simples conversa, os elementos da arquitetura e mesmo construções inteiras são evocadas poeticamente pelo léxico da artista". Ainda no texto "Em torno de cruzamentos e torres", Paulo Sergio menciona que arquitetura única de Ana Holck "injeta num cuidadoso jogo de tensões poesia onde só existe a banalidade e o bruto cotidiano".
Quando?
Conversa com o público: Sábado 29 de Setembro, 16h
A galeria estará aberta das 11h às 17h
Até 20 de Outubro, 2012
Segunda a sexta-feira das 10h às 19h
Sábado das 11h às 17h

Onde?
Zipper Galeria
Rua Estados Unidos, 1494
Jardins - São Paulo - SP
Veja como chegar
+ 55 11 4306 4306


http://zippergaleria.com.br/exposicao.php?id=ana-holck-perimetrais&utm_source=Zipper+Galeria+Newsletter&utm_campaign=0a0e9f288c-Cat_logo_Ana_Holck_PT9_26_2012&utm_medium=email

PHOTOSHOP PARA ARTISTAS - Celia Saito


PHOTOSHOP PARA ARTISTAS (Instrumentalização para Artistas)

com Celia Saito


FotografiaAtravés de exercícios práticos, o objetivo da oficina é de instrumentalizar melhor os artistas com técnicas básicas do programa de tratamento de imagens para que consigam elaborar melhores imagens de seus trabalhos.
CRONOGRAMA DA OFICINA - 3 AULAS(22 de outubro, 29 de outubro e 12 de novembro)
Duração do Projeto: 3 horas de duração, das 19h às 22h
Preço por Aluno: R$ 270,00
Forma de Pagamento: à vista com 5% de desconto ou em duas vezes de R$ 135,00.
Inscrições: solicite formulário pelo e-mailcasacontemporanea370@gmail.com ou pelo telefone (11) 2337-3015.

CURRÍCULO BREVE
Célia Saito 
Célia Saito é artista visual que vive e trabalha em São Paulo. Estudou Artes Plásticas na FAAP. Trabalhou como designer de embalagens, restauradora de fotografia e desde 1985 trabalha como fotógrafa comercial. Foi professora de fotografia no SENAC e Oficinas Culturais do Estado de São Paulo. Em seu trabalho como artista, traça relações entre o conceito e o experimentalismo sobre suportes como fotografia, gravura, objetos e instalação.

Oficina de Desenho com Modelo Vivo - Regina Carmona



Oficina de Desenho com Modelo Vivo


Em sessão única na Casa Contemporânea, sob orientação da artista Regina Carmona, esta oficina com duração de 3 horas foi planejada para explorar as seguintes questões :
- o corpo e o espaço;
- o corpo e o movimento;
- o corpo e a ausência.
Dia 24 de outubro de 2012, quarta-feira, 19h.
Valor: R$ 120,00
Inscrições através do email: casacontemporânea370@gmail.com.
CURRÍCULO BREVE
Regina Carmona
Artista mestre em poéticas visuais, formada ECA-USP, destaca-se nos anos 90 através do Projeto Nascente e Heranças Contemporâneas do MAC e USP. Participa de importantes exposições e mostras; instalações, intervenções e projetos no Brasil e no exterior, viagens de pesquisa e residências de arte em fundações como Sanskriti Kendra, Índia;  Hame ,Finlândia, Tescani, Romênia.

OFICINA DE QUADRINHOS - Rafael Campos Rocha


OFICINA DE QUADRINHOS
com Rafael Campos Rocha

A Oficina de Quadrinhos busca, a um só tempo, introduzir o aluno na História dos Quadrinhos enquanto o incentiva a criar a sua própria história. Dessa forma, as várias fases da história dos quadrinhos coincidem com as etapas da criação – da concepção do personagem à divulgação – abordando também os vários gêneros dos quadrinhos, da tira de jornal à graphic novel. O curso concentra-se basicamente nos gêneros desenvolvidos principalmente nos Estados Unidos do final do século XIX ao início do século XXI.
Aula 1 – Pequena história das tiras de jornal nos Estados Unidos. Da criação do personagem à tira de jornal. 
Aula 2 – Surgimento dos Comic Books. Trabalho em equipe visando o roteiro, desenho e diagramação de uma página de quadrinhos. 
Aula 3 – Do Xerox à internet. As novas formas de quadrinhos. Exercícios de criação de uma história de uma a duas páginas.
17, 24 e 31 de outubro, quartas-feiras, das 19h às 21h30 
Investimento: R$ 320,00 
Forma de Pagamento: à vista com 5% de desconto ou em duas vezes de R$ 160,00
Inscrição: solicite formulário pelo e-mail casacontemporanea370@gmail.com ou pelo telefone (11) 2337-3015

Veja algumas imagens
quadrinhos >quadrinhos >quadrinhos >quadrinhos >quadrinhos

representação da imagem da mulher e do femininono Brasil - Roberto DaMatta na Pinacoteca em São Paulo


Goeldi na coleção da Pinacoteca de São Paulo


Goeldi na coleção da Pinacoteca de São Paulo

de 29.set a 24.fev 2013


 A Pinacoteca do Estado de São Paulo, instituição da Secretaria da Cultura, apresenta a exposição Goeldi na coleção da Pinacoteca de São Paulo, com 56 gravuras realizadas por Oswaldo Goeldi (Rio de Janeiro, RJ, 1895-1961), um dos mais destacados artistas do modernismo brasileiro. Disposta em ordem cronológica, a exposição apresenta trabalhos realizados a partir de 1924, quando o artista estabelece uma relação estreita com a produção de gravuras e já seleciona temas que se desdobrariam por quatro décadas. Aspectos desolados da cidade, ruas estreitas da periferia, casario suburbano, cenas de noite e solidão fazem parte do repertório da artista desde o inicio, assim como a infelicidade de pessoas marginalizadas pela sociedade, prostitutas e ladrões e de seres da noite. O mar e os pescadores, num segundo momento, atrairiam sua atenção. Esses temas podem ser vistos nas obras Pescadores, c. 1950, Urubus, c. 1925, Três Mulheres, 1945, Vida noturna, 1935, entre outros.

A mostra tem o objetivo de contextualizar o conjunto de 56 gravuras na produção do artista. Sabe-se que Goeldi começou a gravar em 1924, seguindo a orientação do amigo Ricardo Bampi (1896-1965), que havia estudado na Bauhaus (escola de design e arquitetura com sede em Dessau, Alemanha, de 1919 a 1933), e na ocasião morava em Niterói. Com ele teria tido noções básicas sobre a preparação da madeira como matriz de gravuras, assim como o manuseio de goivas e os procedimentos para a impressão da imagem gravada. A partir de então trabalha incessantemente, e seu legado é um número incontável de desenhos e xilogravuras, sendo que muitos deles foram usados como ilustração de livros e periódicos. “A recente incorporação ao acervo da Pinacoteca de São Paulo de obras de Oswaldo Goeldi foi uma importante contribuição para a sua coleção de gravuras. Na sequência, deu-se inicio a um cuidadoso trabalho de classificação dessas obras, com o intuito de proceder a uma datação, a mais acurada possível”, afirma Carlos Martins, curador da mostra.

Sobre o artista
Oswaldo Goeldi - (Rio de Janeiro, 31 de outubro de 1895 - Rio de Janeiro, 16 de fevereiro de 1961) Gravador, desenhista, ilustrador e professor, Goeldi é considerado o pai da gravura moderna brasileira. Filho do cientista naturalista Emílio Augusto Goeldi, vive em Belém do Pará até completar seis anos, quando se transfere com a família para a Suíça. Cursa a Escola Politécnica de Zurique a partir de 1914, porém, quando seu pai falece, em 1917, interrompe o curso e matricula-se na École des Arts et Métiers de Genebra. No mesmo ano, realiza sua primeira mostra individual, em Berna, na Suíça. Nessa época, conhece a obra do grupo expressionista Cavaleiro Azul e de Alfred Kubin, de quem se torna amigo e recebe grande influência. Em 1919, fixa-se no Rio de Janeiro e trabalha como ilustrador da revista "Para Todos". Expõe pela primeira vez no Brasil em 1921, no Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. A crítica local não compreende seus desenhos de traços fortemente expressionistas. Goeldi se decepciona com a repercussão negativa da mostra e se isola do meio artístico carioca.

Interessa-se pela gravura em madeira a partir de 1924. Em 1930 publica o álbum Dez Gravuras em madeira, com prefácio de Manuel Bandeira. Em 1941realiza a série de desenhos "As Luzes se apagam", sobre a II Guerra Mundial. No mesmo ano, viaja para a Bahia, onde se protege da perseguição aos alemães, ocorrida por causa da guerra. Em 1944, publica seis xilogravuras na revista ”Clima”, intituladas "Balada da morte". O Ministério da Educação e Cultura edita o álbum “Goeldi”, em 1955.
Durante toda sua carreira, ilustra livros, entre os quais: Canaã, de Graça Aranha (1928, não publicado); Cobra Norato, de Raul Bopp (1937); Martim Cererê, de Cassiano Ricardo (1945); Humilhados e ofendidos e Recordações da Casa dos Mortos, ambos de Dostoievski (em 1944 e 1945, respectivamente). Em 1960, ilustra Mar Morto, de Jorge Amado, editado sete anos depois da sua morte. Colabora com ilustrações em periódicos como O Malho (a partir de 1924) e o suplemento dominical Autores e livros do jornal A Manhã (a partir de 1941). Em 1952, começa a dar aulas na Escolinha de Arte de Augusto Rodrigues no Rio de Janeiro e, em 1955, é convidado pela Escola Nacional de Belas-Artes para lecionar. Entre suas principais exposições individuais, destacam-se:Instituto dos Arquitetos do Brasil, Rio de Janeiro (1944); retrospectiva no Museu de Arte Moderna (1956) e Museu Nacional de Belas Artes (1971), ambos no Rio de Janeiro. Participa de diversas edições da Bienal de Veneza e da Bienal de São Paulo, sendo que nesta recebe o Primeiro Prêmio de Gravura Nacional, em 1951. Por ocasião do centenário de seu nascimento (1995), é homenageado com importantes mostras no Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Álvares Penteado, no Instituto de Estudos Brasileiros da Universidade de São Paulo e no Centro Cultural Banco do Brasil (Rio de Janeiro). Em 1999, a Casa França Brasil, no Rio de Janeiro, dedica-lhe uma individual. Está presente nas principais exposições coletivas de gravura, tanto no Brasil como no exterior.

análogo. Suzana Garcia e Rogério S. Jaeger


Maratona Fotográfica de Cabo Frio, RJ



Maratona Fotográfica de Cabo Frio, RJ, vai até domingo (30) com atrações

O evento é o único do gênero em toda a Região dos Lagos.
Na programação, diversas atividades ligadas às artes visuais

Acontece até o próximo domingo, (30), 4ª Maratona Fotográfica de Cabo Frio. A Maratona acontece no Instituto Cultural Carlos Scliar (Rua Marechal Floriano – Boulevard Canal) e tem em sua programação diversas atividades ligadas às artes visuais.
O evento é o único do gênero em toda a Região dos Lagos, e desde 2006 vem conquistando um público maior, oferecendo gratuitamente para a população atividades e oficinas de formação, além de apresentar ao grande público novos artistas através do edital público para a exposição coletiva. Já participaram da mostra convidados representativos das artes visuais, entre eles os brasileiros Flávio Damm, Márcio RM e Walter Carvalho e o mexicano Raul Aguilar. Este ano a maratona recebe o trabalho dos artistas Vik Muniz e Noélia Albuquerque.
Além da exposição coletiva “O que é Cabo Frio?” que ficará no Instituto Carlos Scliar durante um mês, junto com os trabalhos de fotógrafos consagrados – o evento conta com oficinas, palestras, debates, projeções e ações educativas, além de ampliar as atividades com intervenções urbanas em diversos pontos da cidade.
Inscrições para as oficinas e maiores informações no endereço: http://maratonafotograficadecabofrio.blogspot.com.br/
Fonte: G1 - 25/09/2012

Abertas inscrições para a 3ª Virada Cultural do Triângulo em Uberaba, MG


Abertas inscrições para a 3ª Virada Cultural do Triângulo em Uberaba, MG

O evento reúne diversas apresentações culturais em um único dia.
Prazo termina no dia 5 de outubro; programação será em novembro.

Estão abertas até 5 de outubro as inscrições para a 3ª Virada Cultural do Triângulo que acontece em novembro em Uberaba, no Triângulo Mineiro. O evento é realizado pela União dos Artistas Uberabenses e União dos Jovens e Estudantes do Brasil e reúne diversas apresentações culturais em um único dia. O objetivo é promover a interação entre os diferentes segmentos artísticos proporcionando ao público a oportunidade de conhecer e participar dessas atividades.
Na primeira edição, em 2010, mais de 500 artistas participaram do evento na Praça Rui Barbosa. Já em 2011, cinco pontos da cidade receberam mais de 700 artistas simultaneamente. Este ano, o evento será das 10h do dia 10 de novembro às 10h do dia 11h de novembro, mas os locais ainda não foram definidos. Para mais informações, clique aqui.
Fonte: G1 Triângulo Mineiro - 25/09/2012

Fotógrafo Rogério Ghomes ministra workshop gratuito



Fotógrafo Rogério Ghomes ministra workshop gratuito

O fotógrafo Rogério Ghomes ministra o workshop gratuito “A Fotografia Contemporânea Brasileria” em 02 e 04/10/12, das 14h às 18h, no Ateliê Aberto. As inscrições são feitas pessoalmente em 01 e 02/10/12 no local do curso, que conta com 12 vagas preenchidas por ordem de chegada. O evento é direcionado a estudantes e profissionais de artes visuais, fotografia, comunicação social e design, a partir de 18 anos. O objetivo é estimular a criatividade do participante para que ele desenvolva uma metodologia individual de trabalho, bem como identifique diferentes manifestações da imagem na comunicação visual contemporânea, e ainda, colaborar com instrumentos para criação de projetos visuais que utilizem da fotografia em sua construção. Rogério Ghomes é doutorado no Programa Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela PUC-SP e especialista em fotografia pela UEL, participou de individuais no Brasil e no exterior. - Mais informações: Cambuí: r. Major Sólon, 911, tel. (19) 3251-7937. www.atelieaberto.art.br
Fonte: Mapa Das Artes 

Artistas fazem encontro aberto ao público no MAP


Artistas fazem encontro aberto ao público no MAP

As artistas Ines Link, Louise Ganz e Mônica Nador realizam o encontro aberto ao público “Outros Lugares” em 29/09/12, às 11h, no Museu de Arte da Pampulha, como parte da mostra em cartaz. Integra o evento seminário com a artista Sylvia Furegatti e a crítica Thais Rivitti. A exposição "Outros Lugares" é composta pela ação da dupla [Ines Linke] e [Louise Ganz], que acontece em um lote vago na orla da Lagoa da Pampulha; e de [Mônica Nador] que ocorre na Vila Aeroporto, também na região da Pampulha. As duas propostas enfocam nas relações da arte com os espaços onde estão instaladas (de 18/08/12 a 30/09/12). - Mais informações: MAP - Pampulha: av. Dr. Otacílio Negrão de Lima, 16.585, tel. (31) 3277-7946.
Fonte: Mapa das Artes 

Cemec promove jornada sobre projetos culturais


Cemec promove jornada sobre projetos culturais


De 1 a 4 de outubro, o Cemec promove, em São Paulo, a Jornada Projetos Culturais. Com presença de alguns dos mais renomados nomes da produção cultural brasileira, o curso pretende introduzir ferramentas e conhecimentos aplicados ao mercado.
O projeto cultural ocupa um lugar central na produção cultural brasileira. As leis de incentivo, o patrocínio e até mesmo os empreendimentos criativos funcionam dentro de sua lógica. Jornada Projetos Culturais traz os elementos mais sensíveis para quem desenvolve, gere e comercializa projetos, por meio de aulas sobre elaboração, comunicação, leis de incentivo e captação de recursos.
As aulas serão ministradas por: Nany Semicek, da Ingresso Rápido; Bento Andreato, sócio da Andreato Comunicação e Cultura;  Flávia Manso, advogada do Cesnik, Quintino e Salinas Advogados; e Marcelo Azevedo, especialista em desenvolvimento e gerenciamento de projeto estratégico da área de patrocínio.

O projeto cultural ocupa um lugar central na produção cultural brasileira. As leis de incentivo, o patrocínio e até mesmo os empreendimentos criativos funcionam dentro de sua lógica. Jornada Projetos Culturais traz os elementos mais sensíveis para quem desenvolve, gere e comercializa projetos. Com presença de alguns dos mais renomados nomes da produção cultural brasileira, a Jornada pretende introduzir ferramentas e conhecimentos aplicados ao mercado de projetos culturais.
Coordenação: 
Leonardo Brant é escritor, documentarista, pesquisador cultural, palestrante e emprendedor criativo. Presidente da Brant Associados, consultoria estratégica, especializada em negócios criativos, e grupo empresarial, responsável por iniciativas como Cemec, Deusdará, Casa8, Cultura e Mercado, Empreendedores Criativos, Ctrl-V, entre outras.
Programa: 

1 de outubro de 2012
AULA 1 | Elaboração de Projetos Nany Semicek | Como elaborar um projeto cultural, do planejamento à execução.

2 de outubro de 2012
AULA 2 | Comunicação Bento Andreato | Do conceito ao design, os fundamentos de uma boa comunicação de projetos.

3 de outubro de 2012
AULA 3 | Leis de Incentivo Flávia Manso | O funcionamento das leis de incentivo mais utilizadas no país: Lei Rouanet, ProAC, Leis municipais.

4 de outubro de 2012
 AULA 4 | Captação de Recursos Marcelo Azevedo | Técnicas de negociação a partir de cases de sucesso, dicas relevantes para o momento da venda.
Local: 
Cemec: Rua Prof. Frontino Guimarães, 302 - Vila Mariana - São Paulo (SP).
* próximo ao metrô Vila Mariana
Inscrição: 
Valor do Investimento: 

  • Exclusivo para participantes da RedeCemec3 X R$ 126,00 (cento e vinte e seis reais) = Total: R$ 378,00 (somente até 7 de setembro de 2012)
  • Até 7 de setembro de 2012: 3 x R$ 144,00 (cento e quarenta e quatro reais) = Total: R$ 432,00
     
  • De 8 de setembro a 21 de setembro de 2012: 3 x R$ 162,00 (cento e sessenta e dois reais) = Total: R$ 486,00
     
  • A partir de 22 de setembro de 2012: 3 x R$ 180,00 (cento e oitenta reais) = Total: R$ 540,00

Formas de pagamento:
  • À vista no boleto bancário ou depósito em conta.
  • Parcelado em até três vezes no boleto bancário.

Vagas limitadas:
  • Máximo de 26 alunos em sala.
  • Ambiente propício para networking e geração de negócios colaborativos.
  • Certificado de conclusão.

Mais Informações: 
E-mail: atendimento@redecemec.com | Twitter: @redecemec | Fone: (11) 2389-5708

O Processo Criativo - estratégias e estruturas recorrentes com Charles Watson na Casa de Cultura Mario Quintana, Porto Alegre


O Processo Criativo - estratégias e estruturas recorrentes com Charles Watson na Casa de Cultura Mario Quintana, Porto Alegre

Professor: Charles Watson
Com textos e vídeos, o escocês radicado no Rio de Janeiro desde os anos 70 demonstra que a semelhança entre as dinâmicas criativas supera - frequentemente - a diferença entre as linguagens. A natureza da atividade é teórica e o objetivo não é ensinar ninguém a ser criativo, mas provocar os presentes para a reflexão sobre seus próprios processos de criação e trabalhar o “desbloqueio criativo”.
18 a 21 de outubro, quinta e sexta, 18h30-22h30; fim de semana, 14h30-18h30
Inscrições abertas.
As inscrições podem ser feitas diretamente na Koralle (José Bonifácio, 95), de segunda a sexta, das 9h às 18h, e sábados, das 9h às 15h. Mais informações pelo e-mail processocriativopoa@gmail.com ou pelo telefone (51) 9242-5267.
Investimento: R$ 480 (em 3 vezes ou R$ 430 à vista)
16 horas/aula
Casa de Cultura Mario Quintana - Sala C2
Andradas 736, Porto Alegre - RS
51-9242-5267 ou processocriativopoa@gmail.com
http://www.processocriativopoa.blogspot.com.br/
INSCRIÇÕES: Koralle (José Bonifácio, 85 - Rua do Brique da Redenção, próximo a João Pessoa)
Programa do curso:

PROCESSOS EMOCIONAIS
• O Gene Inútil (o modelo evolutivo): Csikszentmihaly / Dawkins
• Sistemas não lineares: Luiz Alberto Oliveira
• Motivação (Intrínsica / extrínsica, “a cenoura ou o chicote”) Miles Davis/ Keith Jarret/ Bob Dylan/ Clarice Lispector/ Rollo May/ Antonioni/ Andrew Wiles/ Ellen McArthur/ Frank Gehry/
Motivação Extrínseca
Motivação Intrínseca
• Flow (Fluxo) / Autotelismo: Csikszentmihaly
• A engenharia do erro / Medo de errar / Medo de se arriscar
• Pré-julgamento / Avaliação prévia
• A importância de não ter nada a perder
• Ansiedade (dificuldade em gestação)
• Persistência
• A habilidade de mudar de objetivo
CULTURAIS / AMBIENTAIS
• Humor / o encontro de duas matrizes mutuamente exclusivas: Arthur Koestler
• Múltiplas Inteligências: Howard Gardner
Inteligência linguística
Inteligência musical
Inteligência / lógica matemática
Inteligência espacial
Inteligência corporal / cinestética
Inteligências pessoais (inteligência intrapessoal / inteligência Interpessoal)
• Tabu
• Fantasia x Realidade
• Razão x Intuição / polo subjetivo, polo objetivo
• Tradição x Mudança
ESTRATÉGIAS
• Geração de Alternativas
• Fragmentação / Desconstrução
• Reestruturação
• Criando obstáculos para digestão
• Infraestrutura tácita: David Bohm
• Pontuando o mundo / Observação precisa / Pedágio de Pensamentos
• Inversão
• Estímulo aleatório
• Analogia
Mais informações:
Começam nesta segunda-feira, 24 de setembro, as inscrições para o curso “O processo criativo - estratégias e estruturas recorrentes”, ministrado pelo professor Charles Watson. Referência no ensino de arte no país, desde o início dos anos 80 o pintor ministra cursos no Parque Lage (RJ). Sob sua orientação, passaram artistas de trajetória internacional como Adriana Varejão, Eduardo Berliner e Beatriz Milhazes.
O workshop acontece de 18 a 21 de outubro, com aulas no turno da noite na quinta e sexta-feira (das 18h30min às 22h30min) e no turno da tarde no fim de semana (das 14h30min às 18h30min), totalizando 16 horas/aula. Dirigido a todos que se interessam pelo processo criativo, tem recebido profissionais de diferentes áreas de atuação, como artistas plásticos, jornalistas, médicos e arquitetos.
Com textos e vídeos, o escocês radicado no Rio de Janeiro desde os anos 70 demonstra que a semelhança entre as dinâmicas criativas supera - frequentemente - a diferença entre as linguagens. A natureza da atividade é teórica e o objetivo não é ensinar ninguém a ser criativo, mas provocar os presentes para a reflexão sobre seus próprios processos de criação e trabalhar o “desbloqueio criativo”.
Desde 2004, “O processo criativo”, desenvolvido pelo professor, é recomendado pela University of the Arts London, responsável pelas faculdades: Camberwell College of Arts, Central St. Martins College of Art and Design, Chelsea School of Art and Design e London College of Fashion.
Concorrido na Escola de Artes Visuais (EAV) do Parque Lage, o curso é ministrado naquela instituição fluminense durante um semestre. Quando o professor viaja com esse workshop, o divide em três módulos intensivos. O primeiro foi ministrado em abril em Porto Alegre. A edição de outubro corresponde ao segundo módulo, mas quem perdeu a anterior pode acompanhar as novas aulas pois os blocos são complementares, porém independentes.
O investimento é de R$ 480,00 (em 3 vezes ou R$ 430,00 à vista), com emissão de certificado para quem tiver no mínimo 75% de frequência e coffee break nos intervalos. Os encontros serão realizados na Sala C2 da Casa de Cultura Mario Quintana (Andradas, 736). As inscrições podem ser feitas diretamente na Koralle (José Bonifácio, 95), de segunda a sexta, das 9h às 18h, e sábados, das 9h às 15h. Mais informações pelo e-mail processocriativopoa@gmail.com ou pelo telefone (51) 9242-5267
Esta edição do curso conta com o apoio da Koralle, do Museu de Arte Contemporânea do Rio Grande do Sul e da Secretaria de Estado da Cultura e a promoção tem a parceria da Associação de Amigos do MAC/RS. A produção é de Flávio Gil e Júlia Bertolucci. 

Fonte: Canal Contemporâneo